Desmaios frequentes ? Como evitar?

Dicas do Dr. Savioli.

 

A perda súbita e transitória da consciência e do tônus postural, seguida de recuperação espontânea e completa caracteriza uma situação extremamente frequente no meu consultório: as síncopes. Quase sempre esse desmaio é precedido de tonturas, sudorese, náuseas, palpitações ou visão turva, mas nem sempre isso acontece, a perda da consciência é súbita e o paciente se recupera rapidamente. É a chamada sincope do liga- desliga.

Tem etiologia variada, mas a forma neuromediada ou reflexa é a mais comum com prevalência de 22 % na população geral. O evento resulta de uma redução transitória do fluxo sanguíneo cerebral decorrente geralmente de queda da pressão arterial. Ela pode ser situacional (após tosse ou espirros intensos, estímulos gastrointestinais, após micção, pós exercício ou após refeições), pode estar associada a disfunções do sistema nervoso autônomo ou ainda por estresse (estimulação vasovagal) ou após ortostase prolongada (muito tempo parado em pé).

Existem outras causas que explicam os desmaios como: arritmias cardíacas, doenças do coração e dos vasos, induzida por medicamentos (diuréticos, betabloqueadores, anti- hipertensivos, vasodilatadores) ou por uso excessivo de álcool.

É importante se você já apresentou um episodio sincopal ou se tem algum parente ou conhecido que tenha sofrido dessa complicação, procurar rapidamente um cardiologista para que se faca um diagnostico e tratamento corretos, tendo em vista os riscos das complicações inerentes a doença.

Este artigo foi escrito por Roque Marcos Savioli

Deixe seu comentário